Amigos/as

Decorreu no passado Domingo, 23 de Setembro de 2012, a tomada de posse do Pe Nelson Matias Pereira como pároco da Freiria – Torres Vedras. Pelas 18 horas, início da Eucaristia, a igreja estava em clima de festa, dando as boas vindas ao sacerdote que iria ser empossado, pelas mãos do cónego Nuno, que trazia a carta cardinalícia para a nova função na Igreja da Diocese de Lisboa deste nosso amigo! Assim, muita população da localidade e dos arredores, tal como alguns que se uniram vindos das várias localidades onde o Pe Nelson paroquiou e não só; um autocarro com cerca de 50 passageiros de Benfica – igreja da Nossa Senhora do Amparo, no final todos quiseram mais uma vez saudá-lo, estando desta forma unidos em oração pelo Padre Nelson. A celebração em clima de alegria, com jovens acólitos, escuteiros, diáconos e sacerdotes, todos quiseram mostrar a amizade que nos une e nos torna irmãos! Também estiveram presentes alguns “Amigos de Jesus”.

No momento de ser lida a carta do patriarcado, duas pombas brancas voaram em direcção aos ramos de uma árvore, os balões multicolores foram lançados ao céu, o Padre Nelson consagrou-se a si e à paróquia, da qual ficou responsável para cuidar do rebanho de Deus, ao Imaculado Coração de Maria!

Consagração ao Imaculado Coração de Maria da Paróquia de São Lucas – Freiria

 

Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, ao Vosso Coração Imaculado a Paróquia de São Lucas de Freiria se consagra, em ato de entrega total ao Senhor. Por Vós seremos levados a Cristo. Por Ele e com Ele seremos levados ao Pai. Caminharemos à luz da fé e faremos tudo para que o mundo creia que Jesus Cristo é o Enviado do Pai. Com ele queremos levar o Amor e a Salvação até aos confins do mundo. Sob a proteção do Vosso Coração Imaculado seremos um só povo com Cristo. Seremos testemunhas da Sua ressurreição. Por Ele seremos levados ao Pai, para glória da Santíssima Trindade, a Quem adoramos, louvamos e bendizemos. Amen.

No final da Eucaristia, o Pe Nelson agradeceu a todos os que se congratulam pela sua nova missão a que Deus o chama, primeiro aos seus pais, aos colegas do seminário, Pe Paulo, ao cónego Nuno, ao anterior pároco, Pe João, ao seu amigo que veio de Espanha, e, a todo o clero em geral!

Falou do tempo do seminário, encontros e desencontros, do seu dia de ordenação em Alcobaça – Nossa Senhora da Vitória, do seu período de silêncio em Espanha no convento (seis meses), tal como em Benfica (cinco meses), mas que foram marcas na sua vida de sacerdote. A todos desejou que o Senhor os abençõe!

Para finalizar, disse que, vir para a Freiria é uma alegria, um mistério, uma BENÇÃO DO SENHOR! Ali na igreja de São Lucas, o evangelista da infância, que ele seja simples como uma criança, numa entrega total à Igreja e aos seus paroquianos.

Depois de uma longa Eucaristia, mais de duas horas de duração, alimentados com o Pão do Céu mas com fome do Pão da Terra, pois assim exigem os nossos corpos, foram todos convidados a alimentarem-se de “bolinhos” em ambiente de confraternização e partilha.

Ernestina Matos