Testemunhos SVNE 2018

Votos de utilizador:  / 2
FracoBom 

Seminários Vida Nova No Espírito 2018

 

 

TESTEMUNHO

Os seminários e toda esta doutrina, mexeram comigo a nível dos meus sentimentos espirituais. Sinto que estou mais próxima de Jesus Cristo e de Maria, Mãe do altíssimo, sobretudo do Divino Espírito Santo.

A caminhada dos seminários foi uma estrada que adorei percorrer. Senti-me feliz, amparada e protegida. Jesus acolheu-me e concedeu-me a graça de estar mais junta d’Ele.

Louvo por isso a Santíssima Trindade, e Maria mãe do meu Salvador. Jamais Te deixaria Jesus, meu bom amigo em tantas horas difíceis da minha vida que por vezes tenho tido. Tu tens estado e estás sempre comigo. A Efusão foi sem dúvida um dos momentos altos da caminhada. Foram derramadas bênçãos no sentido de continuarmos nos caminhos do Senhor. É como se tivéssemos sido envolvidos numa chama de fogo. Bem- hajam os escolhidos por Deus por nos ajudarem a fazer este trilho. A minha caminhada passada foi de júbilo em todos os momentos, aproveitando bem os ensinamentos e esclarecimentos ministrados, que fizeram aumentar minha fé. Futuramente penso que vai ser da perfeita comunhão com a Santíssima Trindade e partilha com os irmãos inseridos no renovamento carismático católico.

Graças e louvores sejam dadas a Deus e que os serafins e querubins cantem louvores ao Divino Espírito Santo sem cessar.

Obrigado Maria, Mãe Santíssima.

 

 

 

TESTEMUNHO

Gostei de fazer estes seminários, porque penso que só assim faz sentido receber a Efusão do Espírito Santo

Quando  falo  da  minha  vida  como  uma  Caminhada,  aquilo  que  eu  hoje  chamo  de  caminhada,   uns  bons  tempos  atrás  chamava  de  "karma".

O  meu  coração  vivia  cheio  de  revolta,  ódio,  raiva,  mágoa,  rancor.  Sentia-me  triste,  infeliz,  podia  estar  "rodeada”  de  pessoas,  mas  continuava  absolutamente  sozinha.  Os  meus  olhos  eram  baços.  Esta  raiva  e  revolta  alimentaram-me  durante  muitos  anos,  davam-me  uma  força  inigualável.  Era  uma  mulher  imbatível.  E  tinha,  de  facto,  uma  força  inexplicável,  porque  seria?  As  pessoas  com  quem  me  dava  não  percebiam,  nem  sabiam  o  que  se  passava  comigo,  nunca  o  fiz  sentir,  fazia  um  esforço  para  que  ninguém  percebesse  do  meu  estado.  Poucas  pessoas  ou  nenhumas  tinham  capacidade  de  ler  nos  meus  olhos  a  dor,  porque  o  sorriso  sempre  foi  o  meu  grande  escudo  e  a  minha  mais-valia.  À  vista  sempre  fui  uma  pessoa  alegre  e  brincalhona,  por  isso  nada  se  percebia.  Sentia-me  forte,  podia  com  tudo  e  todos  e  até  com  o  próprio  medo.  Estava  sempre  na  frente  da  batalha,  mas  vivia  acorrentada  a  um  passado  que   me  trazia  sofrimento  e  más  recordações,  que  me  corroía  e  me  cegava.  Revoltei-me  com  Deus.

Até  um  dia  dar  um  basta  em  tudo  isto  e  pedir  ajuda,  não  aguentava  mais.  Deus,  é  perfeito  e  não  faz  nada  ao  acaso,  eu  tinha  de  passar  por  tudo  isto,  fazia  parte  do  meu  crescimento  como  pessoa,  Ele  colocou  as  pessoas  certas  no  momento  certo  no  meu  caminho  e  soube  esperar  que  chegasse  o  dia  em  que  eu  estaria  disponível  e  preparada  para  o  receber.  "Deus  seja  Louvado!".

Iniciei  a  minha  caminhada  de   com  uma  confissão  de  vida  em  Fátima,  onde  comecei  a  ir  mais  frequentemente,  rezar,  adorar,  fazer  a  Via  Sacra.  Comecei  a  ir  a  encontros,  peregrinações,  retiros,  ouvir  ensinamentos,  testemunhos,  oração,  conheci  e  convivi  com  pessoas  especiais,  tive  conversas  com  Padres  que  foram  cruciais  nesta  minha  caminhada  e  que  muito  me  ajudou  a  limpar  o  meu  coração  das  impurezas  que  o  asfixiava.

Tudo  foi  ganhando  cor, tudo se foi  clarificando,  foi  simplificando  e  de  repente  dei-me  conta  do  tempo  que  tinha  perdido.  Deixei  de  ver  aquilo  que  era  tão  evidente  e  que  nem  sequer  dei  por  isso,  deixei  de  perceber  que  para  ser  feliz,  não  era  preciso  fazer  disso  um  objetivo  e  opção  desesperada  de  vida,  porque o facto  de  existir   era  uma  bênção.  ,

Hoje  o  meu  coração,  deu  lugar à  harmonia, à paz  e  ao  Amor.  Hoje  tenho  a  capacidade  de  conseguir  perdoar,  mas  ainda  tenho  muito  a  fazer,  porque  é  um  trabalho  contínuo  e  porque  ainda  não  estou  como  Deus  quer,  mas  também   não  sou  a  mesma  pessoa.

Porque  hoje  tudo  aquilo  que  me  acontece,  me  traz  um  ensinamento,  nada  é  em  vão,  mesmo  nas  perdas,  na  doença,  mesmo  quando  tudo  parece  obscuro,  dai  advém  algo  que  me  engradece,  porque  a   no  Espirito  Santo  me  fortalece  e  me  permite  crescer  como  ser  humano.

Hoje  aceito  o  que  me  acontece  e  não  questiono,  aguardo  em  silêncio  que  venha  a  resposta,  porque:"Tudo  posso  naquele  que  me  fortalece".

Porque  Deus  é  Amor,  é  liberdade,  é  respeitar,  é  partilhar,  é  querer  o  bem  do  outro,  é  permitir  ao  outro  que  seja  ele  mesmo,  é  conseguir  ver  para  além  do  próprio  ser,  porque  amar  permite-nos  desejar  e  querer  que  o  outro  seja  feliz  e  permite-nos  ser  felizes  também.

Hoje  a  minha  vida  tem  cor,  o  meu  olhar  tem  brilho,  o  meu  sorriso  vem  da  alma,  a  minha  alegria  vem  do  Espírito  Santo.  Porque  eu  Acredito,  eu  Creio,  eu  Confio!

Agradeço  a  Deus,  por  ter  permitido  vos  ter  conhecido,  Ele  escolheu-vos  ao  pormenor,  todos  no  momento  certo  estiveram  com  cada  um  de  nós,  com  um  sorriso,  uma  mensagem,  uma  palavra,  um  toque,  sempre  com  disponibilidade,  sempre  com  Amor, eque,  por  intermédio  d'Ele,  nos  foram  preparando  o  coração  e  o  espírito,  para  o  momento  tão  grandioso  da  Efusão  do  Espírito  Santo.  Louvado  seja Deus!                                        

 

 

TESTEMUNHO

Caros irmãos: gostei muito de participar nos Seminários de Vida Nova no Espírito! Recebi dos seminários, fortes ensinamentos para a minha caminhada. Tudo decorreu num ambiente de muita alegria, com cânticos alegres, bonitas partilhas e bonitas homilias. Foi tudo muito bom, o acolhimento, a organização, receção, cânticos, partilhas, ensinamentos, eucaristias. Um ambiente fantástico que deixa saudade.

Em todos os encontros notou-se uma forte presença do Espírito Santo. Escolhi como símbolo uma semente; uma semente porque pela Palavra do Senhor, associada em função pela própria Efusão, entendo e creio que recebi uma semente de Deus, graças que tenho que cuidar para dar muitos frutos. E fazendo a vontade de Deus no meu dia-a-dia, tenho que cuidar com muita oração, meditação da Palavra do Senhor, maior envolvimento e serviço na comunidade. Saio destes seminários com uma grande força para viver uma vida nova no Espírito.

Obrigado aos sacerdotes, obrigado aos servidores, louvado seja o Senhor!

 

 

TESTEMUNHO

Tive oportunidade de criar maior intimidade com o Espírito Santo, Maria e Jesus e de testemunhar o amor do Espírito Santo na minha vida. Gostei de ouvir as lições de vida e as graças das pessoas que pertencem esta comunidade, tanto de quem organizou a Efusão como dos restantes seminaristas. Adorei cada segundo da experiência.

 

Inicialmente não sabia com o que ia contar com a caminhada do renovamento carismático. Porém, desde o primeiro dia que senti muito mais proximidade com o Espírito Santo do que alguma vez eu tinha sentido. Isso gerou em mim um sentimento de querer ser cada vez mais um testemunho de vida nova no Espírito Santo.

Este mês dos seminários foi muito intenso para mim, pois aprendi a viver uma vida religiosa de forma mais plena, conciliando o meu dia-a-dia atarefado, com momento diário sagrado dedicado ao meu Deus.     

A partir de agora irei ter em conta os conselhos que recebi, os ensinamentos que me foram transmitidos, para viver uma vida mais plena, devota ao Espírito Santo e à comunidade.

 

TESTEMUNHO

Recebi um presente maravilhoso, o Espírito de Deus!

Eu há três anos ou quatro comecei a minha afirmação da fé em Cristo. Sempre fui uma pessoa crente, porque a minha família é católica, e a minha mãe desde criança, nos ensinou a pertencer a Deus na Igreja.

Certa vez comecei a ficar triste e depressiva. Eu tinha tudo, tinha amigos, família, oportunidades, mas sentia que faltava alguma coisa e não sabia o quê. Depois comecei a ficar mais triste, tive algumas perdas e muitas vezes o que eu queria eu conseguia; pensava que tinha o controle de tudo e que era autossuficiente, mas também parecia nessa altura que nada que nada dava certo. Eu sabia que faltava alguma coisa na minha vida, e que tinha perdido controle dela, e uma frase nos seminários que me marcou faz todo sentido: temos a nossa fonte de vida tão perto, mas às vezes andamos tão longe. Andamos preocupados por muitas coisas que não vemos que Deus está sempre ao nosso lado dizendo “filha está tudo bem, vai estar tudo bem” Eu nessa altura comecei a rezar porque me sentia triste; Deus estava-me chamando, era o que faltava na minha vida para fazer sentido. Então conheci algumas pessoas que Maria do Céu me deu a conhecer, os grupos, e ia com a minha mãe porque ela sabia que eu precisava do amor de Deus e de O conhecer melhor. Desde então comecei a ficar feliz e a agradecer a Deus a vida maravilhosa que ele me deu. Sei que Deus está connosco, está comigo e que ele quer o melhor para nós. Só temos que acreditar, confiar n’Ele e amar. Ele tem um plano para cada um de nós.

Pela mesma amiga conheci os seminários e assim mesmo sendo tarde, eu vim, para confirmar a minha fé em Cristo e receber o Seu Espírito. Eu com o tempo tive a certeza de fazer esta escolha: eu quero caminhar pela mão de Deus para receber o seu espírito, e um presente: saber que Ele está em mim, e apesar que vida não seja cor-de-rosa, com Ele poderá ser.

Estou-Lhe agradecida por tudo o que tem feito até agora e porque me sinto uma melhor pessoa. Com o passar das semanas confirmei o amor infinito que Deus tem por nós, e que Deus deu o seu Filho para que nós tivéssemos a vida eterna, e que nos deixou o seu Espírito.

Receber o Espírito é o nosso presente para que permaneçamos nele.

Quero servir e trabalhar para que tenhamos um mundo em Deus apesar de  todas as dificuldades. Como diz a palavra de Isaías 60,14, quero ser com o tempo, a futura glória de Sião.

 

TESTEMUNHO

Foi a vontade de Deus que me levou a fazer este seminário. Vinha só assistir e acabei por fazer outra vez.

A semente e a flor

Havia um vaso como uma semente. E quando semente começava a crescer, então vinha uma erva daninha, que não deixava a semente crescer. Então numa manhã de Novembro, veio uma mão poderosa, que tirou a semente da terra, mexeu a terra e pôs novamente a semente. A partir desse dia essa mão poderosa começou a regá-la todos os dias, a semente começou a crescer e tornou-se numa linda flor. E essa flor sabe que nunca mais vai morrer, porque sabe que tudo pode naquele que a fortalece.

Esta é minha caminhada: esta linda flor tornou-se num grande amor por Jesus. Peço ao Senhor, que todos os dias estenda sempre sua mão poderosa sobre mim, e que continue sempre a regar esta linda flor.

Glória a Ti Senhor!

 

TESTEMUNHO

Fui  chamado  à  Igreja,  vindo  de  uma  família  que  pediu  para  mim  os  sacramentos  mas  que  nunca  foi  à  Igreja.  Dela  nunca  mais  me  desvinculei,  tendo  começado  a  partir  daí  uma  presença  assídua  na  Eucaristia  e  na  escuta  da  Palavra  de  Deus.

Passados  uns  anos,  viria  a  viver  um  namoro  com  uma  não  cristã,  que  consegui  chamar  à  Igreja.  No  entanto,  a  cerca  de  um  mês  do  matrimónio,  provei  a  rejeição,  uma  vez  que  a  pessoa  optou  por  seguir  outro  rumo.  Mas  não  deixei  o  meu  Senhor  e  segui  a  minha  caminhada  de  fé.

Mais  tarde  conheceria  a  mulher  que  viria  a  ser  minha  esposa.  Ela  não  estava  na  Igreja  e  a  ela  chamei  também  esta  filha  de  Deus.  Casámos  e  tenho  um  primeiro  filho, com uma doença crónica.  Mas  não  deixei  o  meu  Senhor  e  segui  a  minha  caminhada  de  fé.  E  vivendo  na  esperança,  depois  do  primeiro  nasceram  mais filhos.

Sendo eu  completamente  anti-divorcista  e  pró-família,  é-me  apresentado  um  pedido  de  divórcio,  momento  em  que  perco  todo  o  chão.  Ainda  assim  não  queria  deixar  o  meu  Senhor,  mas  pela  primeira  vez  na  vida  confronto-O  com  revolta  e  pergunto-lhe  "Porquê?!?"  Sentia-me  Job;  fiquei  "cego".  E  o  desespero  levou-me  a  cometer  erros  graves,  porque  batalhava  para  permanecer  na  Igreja,  mas  ao  mesmo  tempo  procurava  respostas  em  ideais  da  Nova  Era.  Com  as  minhas  escolhas,  em  nada  ficou  melhor  a  minha  vida!

Por  graça  (apenas  por  graça),  descubro  as  reuniões  de  oração  e  libertação  do  Pd.  Leo.  E  por  graça  chego  a  um  irmão  leigo,  carismático  que  me  ajuda  num  processo  de  libertação.  E  após  esse  irmão,  descubro  o  grupo  de  oração  de  Carnide,  a  que  me  atrevo  a  ir  um  dia,  sem  dele  nada  saber.  Finalmente,  "descubro"  a  Pneumavita.  Ninguém  me  falou  em  nada  disto.  Ninguém  me  aconselhou.  Eu  "tinha  sede".  E  procurava,  procurava  ...  Hoje,  iluminado  pelo  Espirito  Santo,  sei  que  era  Ele  quem  atuava  e  me  permitia  descobrir  todos  estes  servos  de  Deus.

Descubro  o  Seminário  Vida  Nova  no  Espírito  dia  26  de  Janeiro,  na  Internet.  Era  a  data  limite  para  a  inscrição!  E  nesse  mesmo  dia  envio,  a  correr,  o  formulário.  E  começo  o  Seminário,  sem  qualquer  referência  daquilo  a  que  ia.

O  primeiro  sinal  para  mim  da  Vida  Nova  dos  irmãos  da  Pneumavita,  foi  o  acolhimento  com  que  recebiam  os  seminaristas.

Eu    tinha  recebido  a  Efusão  do  Espírito  Santo  anteriormente,  mas  aguardava  com  desejo  a  Efusão  do  Seminário,  na  medida  em  que  ele  implica  uma  caminhada  quaresmal.  Esse  dia  chegou.  A  sensação  experimentada  no  momento  da  Efusão  foi  a  de  provar  interiormente,  mais  uma  vez,  as  "delícias  eternas  à  Tua  direita".  Mas  o  Senhor  tinha  preparado  para  mim  um  enorme  presente:  a  leitura  da  Escritura  que  recebi  após  a  Efusão.  Tenho-a  neste  momento  emoldurada  num  quadro,  no  meu  quarto,  para  acreditar  e  nunca  esquecer,  porque  naquele  momento  fiquei  incrédulo.  A  leitura  falava  de  Israel,  eleito  e  querido  de  Deus,  de  um  manancial  de  água  a  correr  em  terra  muito  seca,  de  não  ter  medo  e  das  graças  na    que  receberiam  os  três  filhos  de  Jacob.  É  impossível  detalhar  neste  testemunho,  todas  as  respostas  que  recebi  que  recebi  com  aquela  Palavra,  mas  TUDO  o  que  ali  estava  era,  ponto  por  ponto,  para  mim!

Mais  incrédulo  fiquei,  quando  uma  irmã  do santuário que  recebeu  a  Efusão,  que  não  me  conhecia,  me  diz  "no  final  da  missa  tenho  uma  palavra  para  si  do  Espírito  Santo".  Falámos  e  fiquei  estupefacto  com  o  que  me  foi  dito.  Tudo  isto  me  confirmava  a  verdade  do  que  vivi!!!!!

Sinto  que  descobri,  ou  me  foi  dada  a  descobrir,  realmente  uma  vida  nova.  Que  não  sou  o  mesmo.  Sinto  interiormente  que  nunca  mais  serei.  A  minha  vida  na  oração,  na  esperança  e  no  sentir  a  presença  de  Deus,  é  hoje  completamente  diferente,  mesmo  com  uma  presença  de  25  anos  na  Igreja.

Fui  dependente  de  ansiolíticos  e  antidepressivos  durante  16  anos.    cerca  de  três  meses,  que  a  vida  nova  que  tenho  vindo  a  descobrir,  me  ajudou  a  libertar  dessas  drogas,  que  eu  sentia  como  uma  verdadeira  prisão.  E  tenho  vivido  em  paz  e  na  paz.  Apenas  na  paz  que  Deus  permite  encontrar.

Bendigo  o  meu  Senhor,  que  me  conduziu  ao  Renovamento  Carismático.

Louvado  Seja,  pelos  séculos  dos  séculos  sem  fim!    Ámen!

 

TESTEMUNHO

Os seminários e a efusão do Espírito Santo foram para mim um meio para dizer novamente sim a Cristo. Foi o meu verdadeiro crisma, assumido com plena consciência e a certeza do que ele representa. Gostei da fraternidade entre todos irmãos da comunidade Pneumavita. Sente-se o amor de Deus nestes seminários. É um pedaço do céu trazido por vós.

A minha caminhada em Jesus Cristo Senhor, diria que foi praticamente desde a minha conceção. Os meus pais são católicos, sempre frequentaram a Igreja e a missa dominical. O meu percurso em Igreja foi absolutamente normal: batismo, primeira comunhão, profissão de fé, crisma, inclusive fui catequista. Durante trinta e três anos vivi uma fé aprendida, formal, a missa era um rito. Durante cerca de três anos deixei de ir à missa, ia apenas algumas vezes no ano, pois vivi fora do país e a língua não ajudava. Até que aos 33 anos, Jesus me resgatou quis que deixasse de ser morna em termos de fé. Foi através do sofrimento, e tendo “morrido” também ressuscitei (“Quem acreditar em mim ainda que morra, viverá” João 11, 25). A Sua vinda para nos salvar, fez-se presente na minha vida e comecei a entender o que significa a Sua morte e ressurreição, e principalmente que ele está vivo entre nós. Experienciei isso mesmo. O que aprendi durante anos e qua à partida eu entendia como factos históricos, passaram a ser vida em mim. Os Seminários de Efusão do Espírito são uma “formalização”, um “oficializar” do meu compromisso com Jesus, do início da minha conversão e da minha verdadeira caminhada.

Quero servi-Lo porque quero levar aos outros o que Ele mesmo fez em mim. Não sei como, ainda, mas é esta a certeza que levo da Efusão: servir a Jesus.

 

 

TESTEMUNHO

Gostei muito da alegria do louvor, dos ensinamentos e partilha; gostei muito porque me fez crescer na fé e sentir-me mais próxima de Deus.

Divino Espírito Santo, vinde em meu auxílio e iluminai-me sempre, o que  devo pensar, o que devo dizer, o que devo fazer, para promover a vossa glória.

Há muito tempo que eu desejava conhecer este dom de Efusão do Espírito Santo; penso que foi um milagre ter conseguido, e estou muito feliz por isso. Foi uma caminhada feita sempre com muita alegria. Os ensinamentos foram muito importantes, aprendi com este maravilhoso grupo, o que é dar muito sem esperar nada em troca. Penso em todos eles, em todos eles com muito amor e gratidão; um grande bem-hajam.

Quanto à minha vida cristã, não sei o que o futuro me reserva, mas sei que me sinto mais forte e mais unida a Jesus, e que o Espírito Santo passou a ser muito mais importante na minha vida. Sinto-me mais confiante, mais em paz e mais feliz.

Obrigada Santíssima Trindade e Virgem Maria minha mãe e minha madrinha Amen

 

TESTEMUNHO

Gostei dos Seminários por ter sido ajudado a engrandecer mais espiritualmente a minha história de vida, tenho que decerto fiquei mais desperto e motivado para os assuntos de Deus.

E pelo facto de ter sentido uma maior aproximação real e verídica à Santíssima Trindade.

Esta caminhada dos seminários foi sem dúvida uma catequese muito esclarecedora para muitos de nós. Por vezes damos prioridade às coisas materiais neste mundo e esquecemos que temos pouco tempo; não nos lembramos de ter um bocadinho mais livre para rezar, ou para ver se no Domingo temos tempo para ir à missa...

Pois é, Deus tem ficado para muitos, sempre no lote das sobras. Deus, o criador de tudo, o Espírito Santo que sopra sobre nós a todo instante, Jesus Cristo, Rei dos Reis, Maria Santíssima, os anjos do Senhor altíssimo, e os seus santos, que devem, por direito próprio, estar à frente de tudo e de todos, tem sido de facto muito esquecidos pela humanidade.

Iluminai Senhor essas gentes, e dai-me a mim, forças e incentivos para te louvar e bendizer. Aumenta minha fé e sê o meu cajado. Eu Te louvo por isso.

Quanto à Efusão do Espírito Santo, julgo ser um novo batismo, rejuvenescido. “Eu batizo com água mas virá alguém depois de mim que batizará com o Espírito”. A Efusão do Espírito será um derramamento, mais um, do amor que Deus tem por cada um de nós, servindo-se para tal de alguns filhos(as) Seus dignos de estar ao Seu serviço.

A minha caminhada no futuro será mais mais firme e mais confiante, com a Santíssima Trindade, tendo sempre por perto, Maria de Nazaré.

 

TESTEMUNHO

Já pertencia ao renovamento carismático há muito tempo, mas nunca tinha feito Seminário de Efusão do Espírito Santo. Foi muito importante para mim esta oportunidade; gostei muito de tudo e principalmente dos ensinamentos que os irmãos nos transmitiram com tanto amor.

Minha caminhada daqui para a frente vai ser como Deus quiser. Ele é que é o Senhor da minha vida, só tenho que me deixar conduzir por Ele.

 

 

TESTEMUNHO

Fui muito marcada com uma nova ligação ao Espírito Santo.

Com a aprendizagem, senti-me muito pequena, muito pequenina, mas  como diz a Palavra de Deus em São Lucas 18, 17 “ Em verdade vos digo, quem não receber o reino de Deus como um pequenino, não entrará nele”