A descoberta do Eterno Desconhecido

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

 

 

Foi muito bom!
Foi tomar consciência do Eterno Desconhecido o "Espírito Santo".
Digo "eterno desconhecido" porque Jesus para mim é… Aquele que me acompanha, direi mesmo o Eternamente Presente. O Pai é aquele Paizinho, Aquele que sempre me amou e me amam a cada instante.
Na Efusão do Espírito Santo, senti que afinal o Espírito não estava assim tão adormecido. Eu experimentei-O bem fundo. De facto, foi reviver o meu Baptismo, nessa altura eu não O sentia, e agora foi por mim vivido.
Foi bom! Muito bom sentir que os irmãos estavam a rezar em conjunto para que esse Espírito Santo viesse com a Sua Força.
Essa Força foi uma realidade. Senti-me amada de facto.

 

M.P.G.P.

 

 

[página anterior]