Primeiras Revistas

 

Tendo germinado o Renovamento, em Fátima, no dia 6 de Novembro de 1974 e nascido em Lisboa no dia 5 de Janeiro de 1975 o primeiro grupo, que depois se chamaria PNEUMAVITA, logo se fez sentir a necessidade de fazer enviar folhas-circulares para os grupos que depressa surgiram em Fátima, Lisboa, Porto, Coimbra, Braga...

 

Tanto eu como a equipa de irmãos que comigo colaborava, depressa sentimos a necessidade urgente de publicar pequenos cadernos para formar, informar e testemunhar...

 

Em Abril de 1976, a caminho de uma Assembleia do Renovamento na Casa de Santa Maria, em Abrantes, 4 irmãos da primeira hora (Arquitecto Luís Cunha, Dra. Maria de Jesus Cunha, Irmã Maria Gonçalves e eu) depois de passarmos Santarém, começámos a invocar o Espírito Santo, pedindo a Jesus que nos sinalizasse o nome da Revista.

 

Através daquela estrada sinuosa, depois de cantar e rezar, dialogámos sobre a necessidade da Revista. das coordenadas que a deveriam orientar e sobre o nome com que seria baptizada. Vários nomes foram apontados: "Abba", "Água Viva", "Vida Nova" etc. Nenhum dos nomes sugeridos alcançava consenso. Voltámos a rezar, abrimos a Bíblia e surgiu a passagem de Pentecostes Act 2. Então alguém exclamou: "PNEUMA é o seu nome!" Todos concordámos e exultámos de alegria: em conjunto louvamos ao Senhor. Contactámos o Sr. D. Maurício de Gouveia e anunciámos que a Revista do renovamento Carismático em Portugal se chamaria com a palavra grega: PNEUMA. Explicado o significado da palavra PNEUMA: Vento, sopro vital, Espírito que dá a vida e no Novo Testamento Espírito Santo, todos aplaudiram.

 

revpneuma3
revpneuma4-5
Capa da edição nº 3 da revista Pneuma
Capa da edição nº 4-5 da revista Pneuma

 

Os dois primeiros Cadernos, com uma tiragem de 500 exemplares cada, foram dactilografados e impressos peja Irmã Aurélia, na Casa das Servas de Nossa Senhora de Fátima de S. Mamede (Lisboa). O n.º 3 e seguintes foram já impressos em tipografia com capas e orientação do grande colaborador Arquitecto Luís Cunha. A tiragem depressa subiu para 1.000, 1.500 e 2.000 exemplares, sendo a sua publicação inicialmente trimestral, depois bimestral. No Ano Jubilar de 2000 PNEUMA, impressa a 4 cores, passou a mensal, com uma tiragem de 11.000 exemplares. Passou também de 32 para 36 páginas. Na revista PNEUMA podem encontrar-se os traços principais da História do Renovamento Carismático em Portugal.

 

Ao celebrarmos em 2001 as Bodas de Prata de PNEUMA a Equipa que a edita e a Comunidade que tomou em Plenário Nacional (1977) a responsabilidade da sua publicação, louva o Senhor por tanto amor e dedicação dos Assinantes, dos Agentes e dos generosos Benfeitores, sem os quais não seria possível continuar a difundir por toda a parte estas faúlhas do Espírito Santo ao serviço do Renovamento e da Igreja.

 

"PNEUMA " (Espírito Santo) é a palavra chave não só da comunidade Pneumavita mas também a chama viva do dinamismo do Renovamento Carismático em Portugal e no Mundo.

 

P .e José da Lapa C.S.Sp.

 Missionário do Espirito Santo