De Roma a Fátima, como peregrino do Espírito Chegada a Portugal

 

 

Ao terminar o Curso do "Mundo Melhor", onde criei laços de sincera amizade, iniciei, no dia 5 de Agosto de 1974, a última etapa da minha viagem Roma -Lisboa. Durante os meses de Agosto-Setembro, o meu pensamento voava instintivamente para Roma, Milão, Paris... Em Portugal não encontrava ninguém que conhecesse o Renovamento Carismático. Para mim estes meses quentes de Agosto-Setembro, foram tempo de deserto de oração e de procura...


Em Fátima: Oração à Virgem e uma experiência partilhada

Por motivos pastorais desloquei-me a Fátima, no dia 15 de Outubro, festa de Santa Teresa de Ávila, a grande carismática carmelita. Fiquei hospedado na Casa de Retiros de Nossa Senhora das Dores do Santuário.

A primeira visita que fiz, em Fátima, foi à Capelinha das Aparições, onde me consagrei com o Renovamento Carismático, ao Coração Imaculado de Maria. No Coração da Virgem de Fátima depositei a semente deste fogo novo, que acolhi em Roma.

 

chegada

 

A Irmã Maria Gonçalves era, na altura, a Superiora da Comunidade das Servas de Nossa Senhora de Fátima, a trabalharem no Santuário. Há vários anos que conhecia a Irmã Maria Gonçalves, da Casa Geral, em S. Mamede - Lisboa, onde funcionava o Secretariado dos Cursilhos de Cristandade, do qual a Irmã era responsável. Também eu fiz o Cursilho e colaborei em vános...

Naquele dia 15, depois do almoço, falei longamente com a Irmã Maria, contando-lhe, em pormenor, a minha experiência carismática em Roma. A Irmã ouviu e depois riu-se a bom rir, pensando que eu estava a delirar. Dizia não acreditar... Entretanto não sei o que se passara no seu interior...

Regressei a Lisboa para os meus trabalhos missionários. Passados 15 dias, no dia 30 de Outubro, a Irmã Maria Gonçalves telefona-me para a L.I.A.M., na Rua de Santo Amaro à Estrela. Disse-me que tinha ficado a pensar muito na minha confidência e que, em nome de 12 pessoas que, a pedido do Senhor Bispo D. Alberto Cosme do Amaral, pensavam formar o grupo CORIMA (Coração Imaculado de Maria) para a difusão da Mensagem de Fátima, me convidava a ir a Fátima, no dia 6 de Novembro, para orientar, à tarde e à noite, uma recoleção espiritual a este pequeno grupo, à base da experiência de oração carismática.

Sem saber na aventura em que me ia meter, aceitei o convite.

 

 

Lisboa, 24 de Março de 2002

P. José da Lapa 
Missionário do Espírito Santo

 

 

 

[página anterior]