CAPÍTULO GERAL EM FÁTIMA

As Espiritanas elegem a Superiora Geral e seu Conselho

 

A Irmã Olga Maria dos Santos Fonseca, portuguesa, foi eleita, a 21 de agosto, Superiora Geral das Irmãs Espiritanas, no decurso do 15º Capítulo Geral, que se realiza na Casa das Irmãs Dominicanas, em Fátima, desde o dia 3 até ao 29 do corrente mês.

Esta eleição aconteceu após quase três semanas de reflexão, oração, apresentação de relatórios e partilhas sobre o presente e o futuro da Congregação. Para além de um percurso missionário muito rico, as Irmãs Capitulantes viram na Irmã Olga a pessoa mais indicada para animar e guiar esta família religiosa nos próximos seis anos.

A irmã Olga nasceu a 20 de março de 1967 em Fânzeres – Gondomar, Diocese do Porto. Fez a sua Primeira Profissão Religiosa nas Espiritanas a 25 de agosto de 1991 e os Votos Perpétuos em 1999. Em 1992 esteve em Paris a aprender o francês, seguindo em Missão para a República Centro Africana em 1993, ali permanecendo até 1998. De regresso a Paris, obteve um diploma em Ciências da Religião, na Universidade Católica. Depois, estudou Jornalismo na Costa do Marfim, na Universidade Católica da África do Oeste, entre 2000 e 2003. Partiria em Missão para o Congo Brazzaville no ano seguinte, como responsável do Distrito. Foi eleita Conselheira Geral da Congregação em 2007, residindo em Paris. Seria re-eleita em 2013, assumindo o cargo de 1ª Assistente Geral.

A Irmã Olga será acompanhada na animação da Congregação por quatro Irmãs também agora eleitas em Capítulo Geral. A Irmã Agnès Simon-Perret (1ª Assistente Geral) que nasceu em França em 1960. Médica pediatra de profissão, emitiu os Primeiros Votos em 1998, sendo enviada ao Haiti. A Profissão Perpétua foi em 2004. Após estudos religiosos em Paris, partiu em Missão para a Nigéria, onde trabalhou de 2009 a 2012, ano do seu envio para as Filipinas (Mindanao) onde trabalha actualmente.

A Irmã Etelvina Mendes Tavares, caboverdiana, nasceu em 1960, professou em 1986 e fez os Votos Perpétuos em 1993. Partiu para o Congo nesse ano, onde trabalhou até 1996 como Mestra adjunta do Postulantado.De 1997 a 2002, prosseguiu a sua Missão no Senegal. Fez a Formação de Formadores em Paris, no AFRN, em 2003. Entre 2004 e 2015 trabalhou em Cabo Verde, Angola e Camarões. Foi nomeada para o Brasil em 2015, onde se encontra hoje.

A Irmã Honorine Woya nasceu em 1969, nos Camarões. Formou-se em Serviço Social e fez um Mestrado em Gestão e Desenvolvimento de Projectos. Professou em 2001 e foi enviada ao Senegal onde esteve até 2011. Fez os Votos Perpétuos em 2007. Depois do Senegal, foi Ecónoma dos Camarões até 2016, data do seu envio em Missão para o Haiti, onde é a responsável das Espiritanas.

A Irmã Maria Aparecida Meireles Cardiais, brasileira de Minas Gerais, nasceu em 1973. É diplomada em Letras. Fez a Primeira Profissão Religiosa em 1998 e a Profissão Perpétua em 2009. Iniciou a sua Missão no Brasil, num Centro de Educação da Pastoral da Criança. De 2007 a 2014, trabalhou no Gana. Neste ano regressou ao Brasil onde assegura a responsabilidade da animação das Irmãs que trabalham neste Distrito das Espiritanas.

A Congregação está feliz por acolher a nova Superiora Geral e o seu Conselho que terão a missão de conduzir o navio das Espiritanas sobre os ‘Oceanos’ da Missão, no seguimento da fundadora, a Irmã Eugénie Caps, nas vésperas do Centenário da Congregação, a celebrar em 2021.

Desejamos que tenham sempre um vento favorável e, como diz este cântico de confiança, cada uma delas pode cantar : ‘Eu confio a minha Missão ao Senhor. Foi Ele que me escolheu e eu ponho nEle a minha confiaça, certa de que Ele agirá’.

 

A Equipa de Comunicação do Capítulo Geral 2019 :

Irmãs Maria Aparecida Cardiais, Sofia Pereira, Sandra Dernault.